O MUNDO SE DESPEDE DE BELL HOOKS

O MUNDO SE DESPEDE DE BELL HOOKS

Via Movimento Negro Perifa Zumbi – RJ

Movimento de luta antirracista formado no RJ que organiza o povo negro por um enfrentamento classista e revolucionário. 

O mundo se despede hoje de uma das maiores intelectuais negras e grande lutadora contra as opressões do sistema capitalista. Gloria Watkins, conhecida mundialmente como bell hooks, tem importância fundamental para os movimentos negros e para educadores de todo o mundo. Com seus posicionamentos fortes, que carregaram a grande carga emocional de uma pessoal que sofreu racismo desde a infância, bell hooks conseguiu articular capitalismo, feminismo, racismo e educação em toda sua vasta obra. De maneira ímpar, propôs uma educação como prática de liberdade, uma educação para libertar e não para aprisionar; uma educação que ensinasse a sermos antirracistas e que possibilitasse perceber que uma educação como prática de liberdade só é possível fora do capitalismo.

Em seu mais conhecido livro “Ensinando a transgredir: a educação como prática da liberdade”, bell hooks nos mostra os desafios de professores e alunos na missão de pensar a educação e as práticas educacionais, articulada com os debates de gênero, raça e classe. Para que, a partir disso, pudéssemos lograr melhores resultados no caminho de uma educação que ensina a ser livre.

bell hooks deixa um legado de uma mulher negra, professora e teórica feminista que lutou, em todos os espaços, para que outras pessoas negras pudessem afirmar sua negritude, se sentirem bem por serem negros. Desconstruiu o olhar colonizado sobre corpos e mentes negras, foi responsável por uma grande virada no pensamento sobre as perspectivas libertadoras que a educação pode ter.

Portanto, ela deve estar sempre viva em nossas memórias como uma das pessoas que, como diria Brecht, são imprescíndiveis.

bell hooks vive, hoje e sempre!

Nenhum comentário

Adicione seu comentário