Nós existimos! Lutamos e conquistamos!

Nós existimos! Lutamos e conquistamos!

Manifesto de trabalhadoras e trabalhadores, negras e negros, mulheres, LGBTs, pobres, intelectuais, artistas, lutadoras e lutadores sociais das periferias em apoio a uma Pré-Candidatura Popular de esquerda à Prefeitura de BH e por uma cidade onde nossos direitos sejam respeitados 

A cidade de Belo Horizonte foi construída com a expulsão dos trabalhadores, das camadas mais pobres em sua maioria negra, que moravam nas áreas onde está hoje o hipercentro. Estima-se que o Curral Del Rey, vilarejo onde foi fundada a cidade, no século XIX, era habitado por 83% trabalhadores negros. (Historiadora Josemeire Pereira, 2018).

Para a construção da nova capital, a favela do Leitão e o alto da Estação foram despejadas do Centro. Desse modo, Maria Papuda e seu rancho foram expulsos para a construção do Palácio da “Liberdade”. Foram expulsos por uma elite Republicana, rica, racista e eugenista, que se impôs com a força violenta do Estado e do dinheiro, e que empurrou nosso povo trabalhador, negro e pobre para morar cada vez mais longe.

Somente a partir da década de 1990, com gestões populares na prefeitura é que se inicia um processo de reconhecimento dessa realidade, abrem-se novos olhares sobre a cidade, com a adoção de uma política progressista. Mesmo assim as elites mantiveram o controle da cidade e no decorrer dos anos impuseram vários retrocessos, tornando cada dia mais a prefeitura antipopular e antidemocrática. Nas gestões de Márcio Lacerda a política de habitação do município entrou em colapso e serviu para excluir ainda mais os pobres e trabalhadores. Levou BH a ter um dos maiores déficits habitacionais do país. As áreas de risco se multiplicam novamente e nos períodos de chuvas mais intensas como as desse ano, um verdadeiro caos se instalou levando centenas de famílias a perderem tudo, causando mais de uma dezena de mortes, segundo dados da Defesa Civil de MG.

Assim, fizeram da lógica de cidade elitizada e voltada para os interesses do capital uma prática, reforçando a especulação imobiliária, a privatização de espaços públicos, a implementação de um transporte coletivo caro e ineficiente e que exclui milhões do direito de ir e vir. Uma cidade em que famílias bilionárias administram o sistema agindo para impedir a modernização e a expansão do metrô, mantendo o monopólio de empresas. Colocam seus interesses econômicos acima das necessidades de milhões de trabalhadores. Só um governo popular será capaz de mudar essa difícil situação.

A Saúde e a Educação vêm sofrendo ataques permanentes em todo o Brasil (com raras exceções), por quem quer transformar em mercadoria nossos direitos essenciais. Desenvolvem uma política de sucateamento, com o objetivo de reforçar o discurso de que só é bom o que é privado, com isso a maioria dos trabalhadores tem o acesso aos direitos elementares de saúde e educação negados. A defesa do SUS e da educação básica é fundamental. Esse discurso também acontece em Belo Horizonte, onde os investimentos nos serviços públicos não aumentam suficientemente para resolver o problema e consequentemente as filas para consultas especializadas nunca foram zeradas. A qualidade das UPAs e das escolas não melhora e nosso povo e nossos filhos seguem sofrendo. Por outro lado, os profissionais dessas áreas resistem às precárias condições de trabalho.

Apesar dos ataques aos nossos direitos e da violência urbana crescente, resistimos! Dezenas de favelas resistiram, quilombos permaneceram de pé, ocupações urbanas deram origem a diversos bairros, o povo pobre se impõe e mais de 70% da cidade segue sendo construída pelas mãos calejadas dos excluídos. Lutas continuam sendo travadas e vencidas pelo povo pobre: Corumbiara, Ubirajara, Dandara, Helena Greco, Camilo Torres, Irmã Dorothy, Eliana Silva, Nelson Mandela,  Izidora, Paulo Freire! São mais de 100 mil moradores e moradoras nas ocupações. Sem estrutura e enfrentando a repressão, as ocupações construíram muito mais moradias nos últimos 25 anos do que a prefeitura de BH. Exemplos importantes surgiram, construímos Creches comunitárias, abrimos e calçamos ruas, fizemos sistemas de esgoto alternativos, preservamos matas e nascentes, inciamos a construção de parques, limpamos e reformamos praças, construímos lixeiras onde não há coleta de lixo, alfabetizamos jovens e adultos, organizamos hortas comunitárias, criamos a primeira casa de referência da mulher vítima de violência da América Latina (a Tina Martins), conquistamos o meio-passe estudantil, produzimos arte com teatro e cinema realizados pelas nossas próprias mãos. Durante a pandemia temos conseguido evitar a fome de  milhares de famílias das comunidades, fortalecemos a economia solidária entre os moradores e moradoras das periferias, nos últimos anos, inserimos nossos jovens em projetos comunitários e de formação no dia a dia das comunidades, participamos ativamente das conferências municipais, ajudamos a construir e aprovar o novo Plano Diretor de BH, construímos mais de 20 mil moradias, vencemos pela teimosia e união do povo. São experiências coletivas que vão superando a burocracia imposta pelo descaso do poder público e dos ataques do fascismo. Portanto, não ficamos criticando sem apresentar soluções, trabalhamos para modificar essa realidade todos os dias. O que nos credencia a disputar eleições e ir além, acumular forças para, nas lutas sociais, construir o poder popular.

Nos últimos anos começou-se a retomar o Centro com as ocupações Luiz Estrela, que apoiamos desde primeira hora, estamos a frente da Ocupação Carolina Maria de Jesus, da Casa Tina Martins, apoiamos as ocupações Zezeu Ribeiro, Vicentão e todas as lutas pelo direito à cidade. O Centro ainda continua a ser retomado com o carnaval de rua, pela juventude com os duelos de Mc’s e com as jornadas de luta!

Mesmo assim, as elites tentam nos silenciar, nos invisibilizar, para servirmos apenas como mão de obra barata. Os frutos desse trabalho e dessa cidade nunca nos foram garantidos, os ricos tiram todos os dias nossos direitos, pisam na nossa dignidade, sufocam a nossa liberdade, nos discriminam e boa parte de nós segue desempregada.

Somos motoristas de transportes urbanos, taxistas, professores, donas de casas, servidores públicos, urbanistas, empregadas domésticas, acadêmicos, pesquisadores, boys dos escritórios, estagiários, arquitetos, estudantes das escolas públicas, entregadores e motoristas de aplicativos, lavadores de carros, cozinheiros, cabeleireiras, pedreiros, vendedores nas lojas, ambulantes, trabalhadores em todo tipo de informalidade, serventes, caixas de supermercados, enfermeiras, entre outros. Exercemos as mais diversas atividades econômicas e somos criativos em todos os campos. Sim, porque para sobreviver nesse sistema de injustiças e crueldade, é preciso resistir, sonhar e lutar sempre!

Nossa pré-candidatura tem como prioridade fortalecer a luta contra o fascismo em nível federal, estadual e municipal. Hoje a maioria dos governos estão a serviço dos banqueiros e militares, genocidas, que provocaram mais de 103 mil mortes de brasileiros, em maioria negros e pobres, são governos que existem para massacrar a classe trabalhadora e o povo.

Nesta mesma pandemia, a postura da prefeitura tem sido diferente do Governo Federal, se apoia em pessoas de ciência que têm compromisso no combate ao Coronavírus. No entanto, não foram garantidas questões essenciais aplicadas mundo afora, como a condição de fazer testes em massa e condições reais de fazer quarentena que acabou virando um privilégio e não exercida pela maioria da população. Acharam que distribuindo cestas básicas, resolveriam o nosso problema. Esqueceram que um programa municipal que complementasse a renda das pessoas mais pobres deveria ter sido feito, que o álcool em gel deveria ser distribuído, que deveriam ter mais ônibus e que deveriam ter sido adaptados, que os micro e pequenos empresários precisam de ajuda e não os grandes. E esses grandes empresários que vencem a batalha e impõem a cidade voltar, defendem que trabalhemos, mas eles permanecem em suas mansões e condomínios fechados, dão ordens que nos expõem ainda mais ao perigo do vírus e da morte.

Pensamos e lutamos por uma cidade verdadeiramente democrática, humana, digna para seus habitantes. Já ocupamos com luta a prefeitura, a Câmara Municipal, a Assembleia Legislativa. Ocupamos por moradia digna, por reforma urbana, por educação, por trabalho e renda e pelo direito à cidade. Agora nossa jornada é ocupar os espaços políticos. E neles fazer o que se deve: romper as amarras de um poder que privilegia uma cidade para os ricos que são a imensa minoria.

Quando lutamos e exigimos nossos direitos, além da repressão, ainda têm os que nos chamam de radicais. Ou seja, querem que nós suportemos essa situação calados, de modo a aceitar o jogo bruto de pedir por favor aos políticos de carreira, muitos dos quais ligados a famílias ricas ou meros representantes dos interesses de empresários, especuladores e capitalistas selvagens, que somente querem nossos votos nas eleições. É necessário avançar, ocupar a política com mandatos populares que aumentem a representação progressista e de esquerda em BH. Estamos abertos ao diálogo por uma construção de uma unidade que derrote os fascistas e a direita conservadora, neoliberal e reacionária, que fortaleça a diversidade, combata toda espécie de preconceito, discriminação e que avance ainda mais as experiências transformadoras, expressando as lutas originadas das ruas e das periferias.

Inspirados na resistência histórica, na força do nosso próprio povo belo-horizontino, nós que construímos e mantemos essa cidade, resolvemos expressar que nós existimos! E cansados de apenas resistir, resolvemos ter partido, construímos a Unidade Popular – UP, decidimos disputar o poder das mais variadas formas, dentre elas, lançando uma pré-candidatura popular à prefeitura, com Leonardo Péricles e Indira Xavier. Uma chapa negra, da periferia, e do povo, para quebrar essa estrutura secular de cidade racista e romper com os privilégios da minoria mais rica que oprime!



  • Lucilene Beatriz Monteiro – Liderança da Ocupação Eliana Silva
  • Rosita Kênia Pereira – Liderança da Ocupação Eliana Silva
  • Viviane Mercês Pereira Medina – Liderança da Ocupação Eliana Silva
  • Alexandra Santos de Assis – Liderança da Ocupação Paulo Freire
  • Deuzira Alves Mendes – Liderança da Ocupação Paulo Freire
  • Juliana Silva dos Santos – Liderança da Ocupação Paulo Freire
  • Graziele Rubens Ferreira Soares – Ocupação Eliana Silva
  • Juliana Aparecida Vieira – Ocupação Eliana Silva
  • Poliana Souza – Pré-candidata a vereadora pela UP, Ocupação Eliana Silva, mãe, educadora popular e MLB
  • Edna Gonçalves Souza – Pré-candidata a vereadora pela UP, Coordenação da Ocupação Esperança/Izidora
  • Luiz Lacerda – Coordenação da Ocupação Esperança
  • Rose Freitas – Coordenação da Ocupação Esperança
  • José Honório de Oliveira (Seu Zezinho) – Coordenação Ocupação Esperança
  • Adelmo Teixeira – Coordenação da Ocupação Esperança
  • Maria Conceição dos Santos (Zoca) – Liderança comunitária do Bairro Zilá Spósito
  • Josemar das Dores Coelho – Liderança da Ocupação Helena Greco – Zilá Spósito
  • Nicoly Alexsandra Coelho Lima – Coordenadora da Ocupação Helena greco
  • Cristiane da Conceição Pereira Venâncio – Ocupação Helena Greco
  • Suely Moreira Dias – Liderança do Conjunto Reserva – Bairro Jaqueline
  • Marlene Alves de Matos – Liderança do Conjunto Ubirajara – Bairro Zilá Spósito
  • Paula Fonseca – Liderança da Ocupação Vitória da região da Izidora
  • Charlene Cristiane – Coordenadora da ocupação Rosa Leão, Izidora
  • Luh de Paula – Coordenadora da ocupação Vitória / Izidora
  • Ana Maria Pereira de Souza – Coordenação da Ocupação Vitória na Izidora e mulher negra
  • Amarildo Robson Pereira – Coordenação da Ocupação Olaria – Barreiro
  • Regina Maria Eleutério – Coordenação da Ocupação Olaria – Barreiro
  • Ione Maria de Oliveira – Liderança da Comunidade Quilombola de Mangueiras – Bairro Ribeiro de Abreu, Enfermeira, Rezadeira, Benzedeira, Rainha da Guarda de Congo Estrela do Oriente
  • Deivison J. S. Cunha  – Liderança da Ocupação Camilo Torres
  • Rogério de Souza Marques – Liderança da Ocupação Horta
  • Milca Queiroz Prates  – Liderança da Ocupação Nelson Mandela
  • Cristiano Pereira de Oliveira – Ocupação Barreirinho
  • Mariele Rodrigues Estevao – Ocupação Barreirinho
  • Andreia Lemes de Freitas – Ocupação Camilo Torres
  • Luccas Bax – Ocupação Camilo Torres, idealizador do Movimento Marsha ( LGBTQI+) e estudante do Senai 
  • Juliano dos Santos – Pré-candidato a Vereador pela UP, liderança do Bairro Copacabana
  • Eduardo Almeida – Pré-candidato a vereador pela UP, Morador do Barreiro
  • Andrea de Oliveira – Ocupação Maria Guerreira
  • Eliane Gil de Oliveira – Ocupação Maria Guerreira
  • Márcia Helena de Oliveira – Ocupação Maria Guerreira
  • Graziele Cristina Queiroz – Ocupação Nelson Mandela
  • José Alexandre Leite Rocha  – Ocupação Nelson Mandela
  • Vanusa Figueiredo  – Ocupação Nelson Mandela
  • Alexya Vitória de Assis Caetano – Ocupação Paulo freire, MC
  • Isaque Augusto de Assis – Ocupação Paulo Freire, MC
  • Paulo Henrique Martins Ventura – Comissão de moradores da Serra
  • Romney Batista – Comissão de Moradores da Vila São Jorge
  • Alvaro Augusto Zulu – Comissão de Moradores Vila da Antena
    Núbia Ribeiro – Presidente do CMAR – Vila Almeida
  • Edson Pereira  – Coordenador do CMAR – Vila da Luz
  • Matheus Ramos  – Assistente social do CMAR- Vila José
    Eliane Pereira – Vice-Presidente do CMAR – Vila Maria
  • Gustavo Ramos – Psicólogo do CMAR – Vila Costodinha
  • Maria Amelia  – Secretária do CMAR – Vila Maraca
  • Cecília Pederzoli – Zilá Spósito, Fotógrafa
  • Maura Rodrigues Estevao – Coordenadora Nacional do MLB, Diretora de articulação institucional e projetos do Instituto  Carolina Maria de Jesus
  • Indira Xavier – Coordenadora Nacional do Movimento de Mulheres Olga Benário
  • Vanessa Beco – Ativista sociocultural, atuante nas garantias de direitos. Idealizadora do projeto MULHER DE FAVELA
  • Diva Moreira – Cientista Política e Pesquisadora da Temática Racial
  • Isabela Sturzenecker  – Bloco Clandestinas/Coordenadora da Casa de Referência da Mulheres Tina Martins
  • Sergio Leôncio – Diretor do SINDIMETRO-MG e Fundador do Sindicato
  • Nivea Sabino – Educadora Social, Poeta-slammer, Fórum das Juventudes da Grande BH
  • Pastor Ariovaldo Ramos – Fundador da Frente Nacional de Evangélicos Pelo Estado De Direito
  • Frei Gilvander Luis Moreira  – Membro da Comissão Pastoral da Terra – CPT
  • Sissy Kelly – Representante LGBT de rua
  • Braz Teixeira da Cruz – Ex-preso político da Ditadura Militar e ex-metalúrgico
  • Elson Violante – Membro da ABMMD (Associação Brasileira de Médicas e Médicos pela Democracia), Auditoria Cidadã da Dívida e da Unidade Popular – UP.
  • Diony Gallegos Sanz – Instituto Cultural Latino-americano de Estudos e Pesquisa – Casa Latina do Brasil
  • Nilceia Moraleida Bernardes – Professora e Cientista Política aposentada da UFMG
  • Maxwell Vilela – Fotógrafo
  • Cristiane R Andrade – Artista, pesquisadora e bacharel em Relações Internacionais
  • Samora N’zinga – Produtor Cultural
  • Fernando Alves – Jornalista e coordenador do CCML
  • Luiz Bernardes – Jornalista e Economista
  • Luiz Marcos Gomes – Jornalista
  • Rodrigo Cayres – Bairro São Gabriel e Presidente Estadual UP MG
  • Mariana Fernandes – Presidenta Municipal da UP em BH
    Pastor Luca Santos – Igreja Pentecostal Visão de Águia
  • Pastor Juliano Barbosa – Comunidade Batista Atos
  • Pastor Mario Amaral – Comunidade cristã Espaço Vida
  • Pastor Rodrigo Teixeira Lins – Comunidade Evangélica da Unidade em Cristo
  • Roberto Auad – Advogado, ex-presidente do Centro Acadêmico Afonso Pena (CAAP) e ex-presidente do Sindicato dos Advogados de Minas Gerais (SINAD MG)
  • Nana Oliveira – Advogada Popular
  • Eloisa Aquino – Advogada e Diretora do Instituto Celso Aquino pelos Direitos Fundamentais
  • Junia Ferrari – Professora universitária e urbanista
  • Marcela Silviano Brandão Lopes – Professora adjunta da Escola de Arquitetura da UFMG
  • Tiago Castelo Branco Lourenço – Associação Arquitetas Sem Fronteira Brasil e do Projeto Unscorre da Escola de Arquitetura da UFMG
  • Rodolpho Ramos Batista  – Membro da Torcida Resistência Alvinegra
  • Gabriel Lopo – Pré-candidato a vereador pela UP, estudante de jornalismo da UFMG
  • Marcelo Pereira Queiroz – União da Juventude Rebelião
  • Thais Mátia  – Vice presidente da UNE em Minas Gerais
  • Arthur Quadras  – Federação Nacional dos Estudantes em Ensino Técnico
  • Rafael Morais – Diretor da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES)
  • Luiz Henrique Fonseca Ramos – Secretário Geral da UEE-MG
  • Sávio Peres – Diretório Central dos Estudantes da UFMG
  • Partido Comunista Revolucionário (PCR)
  • Jobert Jobão – Pré-candidato à Prefeitura de Nova Lima pera UP, Eletricitário e Sindicalista
  • Alda Lucia – Pré-Candidata a Vereadora em BH pela UP e metroviária
  • Geraldo Neres – Pré-candidato a vereador pela UP, Presidente licenciado da ASSEPEMGS
  • Pedro Vieira – Diretor do SINDIMETRO-MG
  • Renato Campos – Coordenação Nacional do Movimento Luta de Classes e Assessor da ASSEPEMGS
  • Daniel Glória – Diretor do SINDIMETRO-MG
  • Romeu Machado – Diretor do SINDIMETRO-MG
  • Robson Zeferino – Diretor do SINDIMETRO-MG e da FENAMETRO
  • Mauricio Vieira Gomes da Silva – Diretor do SINDIFES e do DIEESE MG
  • Geralda Lemos dos Santos – Empregada doméstica
  • Rafaela Dias Lopes – Engenheira Civil
  • Lucas de Souza Barros – Entregador de aplicativo
  • Vanessa Barbosa Muniz – Entregadora de Aplicativo
  • Rejane Aires de Sá Correa – Coordenadora do Comitê de Solidariedade e Cidadania dos Funcionários do Banco do Brasil
  • Felipe Canêdo – Jornalista e cineasta
  • José Santil – Lavador e Guardador de Carro em BH
  • Gustavo Torres – Professor
  • André Henrique de Carvalho – Professor da Rede Estadual de Ensino
  • André Lucas Magalhães dos Santos Silva – Professor da Rede Estadual de Ensino
  • Emmanuel Almada – Professor da Universidade do Estado de Minas Gerais
  • Fábio Chagas – Professor Universitário, doutor em história
  • Daniela Muradas Antunes – Professora da Faculdade de Direito da UFMG
  • Priscila Naiara Lopes Gomes – Professora da Rede Particular de Ensino de BH e pedagoga
  • Edima Siqueira Dos Santos Cristo – Servente de limpeza no Prodemge
  • Marcos Filipe Silva – Servidor Público, assistente social
  • Harmonia Silva Nicolino – Servidora pública estadual
  • Fernanda Rezende – Servidora pública/representante sindical da Asfoc – Fiocruz, regional MG
  • Maria Do Rosário Carneiro – Advogada popular integrante da Rede Nacional de Advogados Populares- RENAP
  • Rodrigo Godim Silva – Advogado
  • Eduardo Nunes Campos – Advogado e jornalista
  • Thales Viotte – Advogado popular e do Sindicado dos Advogados de Minas Gerais
  • Flavio Sarquis Soares – Analista de Sistemas
  • Júlia Quintão Ferreira Pinto – Arquiteta da Família
  • Viviane Zerlotini da Silva – Arquiteta e professora da PUC Minas
  • Lívia Cristina da Silva Gonçalves – Arquiteta urbanista
  • Carina Mendonça – Arquiteta, defensora do direito à moradia, assessora técnica no projeto Arquitetura na Periferia
  • Eduardo Moutinho Ramalho Bittencourt – Arquiteto e urbanista, professor universitário
  • Leonardo Debossan de Oliveira – Bacharel e Licenciado em Geografia
  • Cláudia Mesquita – Professora da UFMG
  • Ana Cristina Kerche – Conjunto Texeira Dias, técnica em enfermagem
  • Simone Gomes da Silva de Castro – Assistente Social
  • Pedrina Gomes – Assistente Social
  • Núcleo do MLC de Professores
  • Núcleo do MLC de Trabalhadores Informais
  • Núcleo do MLC dos Metroviários
  • Núcleo do MLC dos Técnicos Administrativo em Educação
  • Núcleo do MLC Entregadores de Aplicativos
  • Adriel Cassio – Minha Quebrada / MLB
  • João Márcio Dias – União Estadual dos Estudantes de Minas Gerais
  • Nicole Barbosa – Diretora da UEE-MG
  • Beatriz Saraiva – Associação Metropolitana dos Estudantes Secundaristas (AMES-BH)
  • Luisa Veloso Ribeiro – Chapa Grêmio Estudantil CEFET BH
  • Letícia Gardusi de Faria – DA Arquitetura UFMG
  • Valesca Rabelo Braga – DAICEx (Diretório Acadêmico Francisco de Assis Magalhães Gomes)
  • Abraão Santana Domingos – Movimento Correnteza UFMG
  • Débora Borges – Mestranda UFMG
  • Letícia Notini – Militante do MLB e estudante de arquitetura
  • Maria Soalheiro – Militante do MLB e estudante de arquitetura
  • Cristiano Araújo – Militante do MLB, estudante de antropologia e cineasta
  • Cris Guimarães – Nea Mutiró (CEFET-MG/UEMG)
  • Cooperativa Mulheres de Luta
  • Fernanda Marilia Gonçalves Caetano – Bloco Clandestinas
  • Marina Antunes dos Santos – Bloco Clandestinas, eng. de produção, professora
  • Ana Carolina Pereira – Coordenadora da Casa de Referência da Mulher Tina Martins
  • Jessica de Castro Santana – Coordenadora da Casa de Referência da Mulher Tina Martins
  • Raissa Ferreira Morais – Coordenadora da Casa de Referência da Mulher Tina Martins
  • Ana Clara Fernandes Ribeiro – Coordenadora da Casa de Referencia da Mulher Tina Martins, ala de dança do Bloco Clandestinas
  • Mona Albuquerque Araújo – Coordenadora da Casa de Referencia da Mulheres Tina Martins, Militante do Movimento de Mulheres Olga Benário
  • Maria Franciely Antunes – Diretório Estadual da Unidade Popular, Coordenação Estadual Movimento de Mulheres Olga Benário
  • Júnia Torres – Documentarista, Antropóloga e Produtora Cultural
  • Carla Aparecida dos santos – Educadora na Creche Tia Carminha
  • Eldir Dias Costa – Educadora na Creche Tia Carminha
  • Eliane Pereira Inácio – Educadora na Creche Tia Carminha
  • Joyce Felipe Pinho – Educadora na Creche Tia Carminha
  • Lorrayne Antonielle de Souza Rodrigues – Educadora na Creche Tia Carminha
  • Ludmila dias de Souza – Educadora na Creche Tia Carminha
  • Rosemary Luzia de Souza – Educadora na Creche Tia Carminha
  • Clarice Filgueiras – Professora/Tradutora de Espanhol e Movimento de Mulheres Olga Benário
  • Izabel Lourenço – Mulheres Pela Igualdade de Gênero MG
  • Madu Carvalho – Ocupação Eliana Silva, Cantora, compositora instrumentista e criadora de conteúdos online
  • Aiano Benfica – Cineasta
  • Cristiano Abud – Cineasta
  • Gabriel Martins – Cineasta
  • Leda Leonel – Coletivo linhas do Horizonte
  • Lucas Rasta – LR91 – Artista
  • Luana Lacerda – Artista Visual
  • Cleópatra – Rapper e membro do Coletivo IMuNe – Instante da Música Negra
  • Matheus Genciano Lima – Rapper e morador do Alto Vera Cruz
  • Gabriela Nascimento – Produtora cultural, mulher, negra, gorda e periférica
  • Felipe Jamaica – Músico
  • JR Magrim – Dançarino de passinho em BH
  • Marc Brito – Músico e militante LGBT+
  • Diogenes Vinícius Martir dos Santos – Equipe liberdade de dançar E Forro ponto nordeste BH
  • Cadu Passos – Fotógrafo de rua e midiativista
  • Márcia Regina Silva Santos – Movimento Mais Ação de Cultura – Barreiro
  • Avânilze Maria de Oliveira Aredes – Pastora e teóloga
  • Paulo Regino Abreu da Silva – Porteiro/Vigia na Secretaria Estadual da Fazenda
  • Djenane Vera  – Pré-candidata a covereadora pela UP
  • Jonatas Aredes – Pré-candidato a covereador pela UP
  • Kenia Vertelo – Pré-candidata a covereadora pela UP
  • Fillipe Gibran  Pré-candidato a covereador pela UP, O Reino em Pessoa
  • Ricardo Antônio – Igreja Filadélfia Neves
  • Felipe Cavalcante da Costa – Segunda Igreja Presbiteriana de BH
  • Nilo de Cássio Demétrio Gonçalves – O Reino em Pessoa
  • Guilherme da Silva Cearense – Morro do Papagaio
  • Eva Lúcia da Conceição – Bairro Cabana do Pai Tomaz
  • Ivonete Pires de Souza Freitas  – Bairro Cabana do Pai Tomaz
  • Lourdes Maria dos Santos – Bairro Cabana do Pai Tomaz
  • Maria Aparecida Alves Muniz – Bairro Cabana do Pai Tomaz
  • Thainã Cristina Resende – Bairro Cabana do Pai Tomaz
  • Luana Costa Dias – Bairro Camargos, Mãe, capoeirista e educadora musical
  • Jacqueline de Oliveira Lopes de Alcântara – Bairro Capitão Eduardo
  • Alice Inácia Abrahão Conceição – Empregada Doméstica e Moradora do Bairro Goiânia
  • Giuliano Alves Pereira – Bairro Goiânia
  • Marcelo Geraldo Malta Junior – Bairro Goiânia
  • Ana Paula de Freitas – Bairro Jaqueline, Advogada
  • Aline Gomes do Santos – Bairro Madre Gertrudes
  • Ademir da Guia Ramos – Bairro Milionários, Motorista
  • Magna Helena – Bairro Nova Vista
  • Maria Catarina Basílio Duarte – Bairro Pompéia
  • Guilherme Duarte de Paiva – Bairro São Marcos
  • Isaque Gomes dos Santos – Bairro Serra
  • Marco Antônio de Jesus Amado – Bairro Serra
  • Roger Junio Bragança – Bairro Vale do Jatobá
  • María Castilho Basílio Duarte – Bairro Vila Pinho
  • Claudio Ribeiro da Silva – Bairro Vila Pinho – Barreiro
  • Rodrigo Gomes Ferreira – Bairro Vila Pinho e porteiro
  • Tamires de Assis dos Santos – Bairro Vila Pinho e Transista Afro
  • Teresinha Gomes Ferreira – Bairro Vila Pinho, aposentada
  • Luciana Gomes Ferreira Pimenta  – Bairro Vila Pinho, motorista
  • Aline Ferreira dos Santos – Bairro Vila Santa Rita
  • Jenifer da Silva – Bairro Vila Santa Rita, Cabeleireira autônoma
  • Aguinaldo Liberato de jesus (Pagé) – Bairro Vila Santo Antônio, Presidente da Guarda de congo de são Benedito e Nossa Senhora Do Rosário
  • Diego Ramos – Bairro Vila Sta Rita, Auxiliar administrativo
  • Jeniffer Tamires Santos da Silva – Bairro Villa Santa Rita, Cabeleireira, manicure
  • Catharina Gonçalves Rocha – Vila Santa Rita de Cássia – Aglomerado Santa Lúcia, Mulher negra e assistente social
  • Jennifer Rodrigues – Vila Santo Antônio, mulher, negra
  • Avila Celestina Ferreira  – Vila Sta Rita, Operadora de Produção
  • José Jairo Duarte – Gerente do Açougue Geová Giré Vila Santa Rita
  • Eugênio Augusto – Grupo C.A.O.S
  • Adriana Geralda Duarte – Bairro Vista Alegre
  • Bárbara Carolina de Oliveira Barros
  • Danielly Ferreira de Oliveira Demetrio
  • Maria de Lourdes Santos Demetrio
  • Mary Lucia Demetrio de Oliveira Barros
  • Miriam Vieira Ferreira de Oliveira
  • Oswaldo Clemente de Oliveira

  • Júlia Catarine dos Santos Abreu – Movimento Correnteza UFMG
  • Yasmin Rodrigues Reis – Estudante secundarista
  • Laura Moreira – Tesoureira da AMES-BH
  • Nicole Dias – Estudante
  • Ana Lídia Souza – Militante do Movimento de Mulheres Olga Benario
  • Lucas Tadeu Costa Pena – UP Itabirito
  • Renata – Coordenadora MLB, e Manoel Aleixo
  • Mirian Alcântara Ferreira dos Reis – Educadora infantil
  • Deildo Nunes Pereira – Presidente da Câmara da Cidade de Pedralva-MG.
  • Rafael Namiuti Temponi – Estudante
  • Lucas Neris Matosinhos – Estudante, militante da UP
  • Hugo Luiz Martins de Paula – entidade estudantil – CASA UFMG
  • Ane Caroline Oliveira – Movimento Correnteza
  • Júlio Mariano Henriques Pereira Soares – Servidor Público Municipal
  • Gabriel Sunsi Almada de Abreu – Centro acadêmico da Administracao- UFV / Movimento Correnteza
  • Marcus Vinicius Neto Silva – Psicólogo/Psicanalista
  • Matheus Muniz de Oliveira – Marcha da Maconha, Frente mineira de drogas e direitos humanos, Reenca, Resistência Alvinegra
  • Alexandre Sérvulo Ribeiro Hudson – MLC Itabirito
  • Guilherme Piva – Professor de Biologia, pesquisador nas temáticas de justiça ambiental e racismo ambiental
  • Lucas Lamounier Lapa Sanabio – Militante da UJR e Movimento Correnteza
  • Eduardo Leite – UP Nova Lima
  • Dayane Caroline Alves Vilela – Liderança da ocupação Eliana Silva
  • Adriana Aparecida Felipe Pinho – Moradora da Ocupação paulo Freire
  • Andrew Freitas – Membro do Nucleo da UP Ribeirão das Neves
  • Pauliana aparecida Cavalcante – Moradora Ocupação Eliana Silva
  • Larissa de Souza Alves Mapa – Movimento de Mulheres Olga Benario Ouro Preto
  • Gabriel Martins – Movimento estudantil e membro da UP
  • João Paulo Ricaldoni – MLB
  • Bruna Andrade Nunes – Movimento de mulheres Olga Benário
  • Rita Vieira da Silva – Moradora Ocupação Eliana Silva
  • Tamara Renata Oliveira Rocha – Tamara Renata Oliveira Rocha
  • Marielle Durães Ferreira – Movimento estudantil, AMESBH
  • Lucas Ferreira Leles Dias – Arquiteto
  • Lucas Silva Coimbra – Auditor / Consultor
  • Nilmara Ivone Eduardo de Freitas Ramos – Coordenação municipal do MLB
  • Luiza Poeiras Amorim – Estudande e artista
  • Rosimaura Alves de Almeida – Coordenação Estadual do MLB
  • Ana Elisa De Leo Carvalho – Arquiteta e Urbanista
  • Leonardo Maia Assis Oliveira – Filiado a UP, militante da UJR e da AMES-BH
  • Matheus Genciano Lima – Rapper, fotógrafo e estudante de Geografia UFMG
  • Rodrigo Santos – Advogado
  • Jane Marangon Duarte – UP, MLB
  • Wendell Cunha – DAICEx (Diretório Acadêmico Francisco de Assis Magalhães Gomes)
  • Bianca Miranda – Professora
  • Thiago Tàşę – Casa Aberta de Cultura / Bloco Arrasta Favela
  • Hérlen Romão – Liderança comunitária
  • Samuel Dias – Advogado
  • Monique Ellen Lopes Gomes – Arquiteta e Urbanista
  • Luís Henrique Marques de Oliveira Silva – Arquiteto urbanista e Militante da UP
  • Cynthia Camargo – Jornalista
  • João Renato Vaz Pires – Estudante
  • Matheus Augusto do Nascimento Soares – Estudante
  • Frei Eustaquio Alves Goveia
  • Sara Boratti – Pré-candidata a Prefeita pela UP em Itabirito
  • Bira Leal – Arquiteto e Urbanista, MLB – Ocupação Esperança – Izidora
  • Analise da Silva – Professora da UFMG, Movimentos em Defesa da Educação de Jovens, Adultos e Idosos.
  • Juliana do Couto Bemfica – Professora aposentada
  • Maria de Fátima Alves – Movimento Mulheres Negras
  • Dairenkon Majime – Faxineiro MLC
  • Chico Bento Gerson – Filiado PSOL/Tiradentes- filiado SITRAEMG
  • Eduardo da Silva Possati – Assistente Social
  • Marina Almeida – Psicóloga
  • Silvânia Coelho – Psicóloga
  • Pedro Thiago Silva – Regente de carnaval
  • Jonas da Silva Santos – Coordenação metropolitana do MLB
  • Rita de Cássia Liberato – Integrante Arquitetas Sem Fronteiras e Militante Movimentos por IGUALDADE
  • Eduardo Gontijo Oliveira – Assessoria Técnica Movimento de Moradia urbano e rural
  • Dinei delfino ferreira – Soldador
  • Tatiana – Professora
  • Gabriela – Movimento Correnteza
  • Vitória Eliza Ribeiro – Movimento Correnteza
  • Milena Nascimento de Oliveira – Coordenadora Geral CA de Serviço Social da UFV, militante do correnteza e UJR
  • Thaís Villa Oliveira – UP TRIÀNGULO
  • Danilo Oliveira Sampaio – Unidade Popular
  • Cheyenne Pereira Miguel – Liderança da ocupação Paulo Freire
  • Victor de Souza Rezende – Diretório Acadêmico do Instituto de Geociências da UFMG
  • Julia – Advogada
  • Maria Alice Vasconcelos Maia – Advogada
  • Neusa Maria Fonseca Aragão – Técnica em enfermagem
  • Fabiano Siqueira – Coordenador do Fórum de Trabalhadores do SUAS-BH
  • Amanda Corrêa Bitencourt – Unidade Popular pelo Socialismo
  • Miriam B. Gomes de Lima – Professora universitária aposentada
  • Julia Pereira Reis – UJR
  • Letícia Knop – Estudante
  • Tatiana – Caminhoneira  Coordenação do MLB
  • Guilherme da Silva Cearense – Motoboy e Membro da Associação dos Moradores Barragem Santa Lúcia.
  • Flávia Souza Rocha – Assistente Social
  • Diógenes Gonçalves Leite – Professor
  • Sheila Ferreira da Silva – Balconista
  • Núbia Rafaela de Oliveira Bezerra – Agente comunitário de saúde e Militante da UP Alagoas
  • Vanessa Barbosa Muniz – Entregadora e Militante do MLB
  • Erica Sales de Assis – Militante MLB
  • Clarissa Magalhães – Socióloga
  • Fernando Nogueira Martins Júnior – Advogado e Professor da UFLA
  • Anna Carolina Perim – Designer gráfica
  • Tereza Magalhães – Pesquisadora
  • Leividy Diniz de Souza – Educador Físico
  • Paulo Vitor Paiva Ribeiro – Biólogo
  • Sofia Santos de Oliveira – Militante da Unidade Popular
  • Rodrigo Santos Monteiro Oliveira – Diretório Estadual UP-GO
  • Athos Etienne Pereira de Vasconcellos – Auditor Fiscal do Trabalho
  • Isaac Daniel Damasceno Silva – Unidade Popular/UJR/Militante
  • Sara Bittencourt Marcucci da Silveira – Militante da Unidade Popular
  • Hiago Sales – Unidade Popular Brasilia
  • Radâmer Augusto – Operador de caixa e Unidade Popular Brasilia
  • Amanda carvalho do bonfim – Unidade Popular Brasilia
  • Hiago Sales – Unidade Popular Brasilia
  • Murilo Henrique Garcia – Militante da UP
  • Edson Victor Mendes – Coordenador do Centro Acadêmico de Filosofia – UnB
  • Claudia Pires Lessa – Publicitária
  • Ítalo Teles Rivas – Filiado a Unidade Popular SP
  • Aline Cristina da Cruz – Professor ensino superior
  • Guilherme Ferreira Barbosa – Unidade Popular pelo Socialismo Rede de Jovens Convivendo com HIV Desenvolvedor do Jornal Comunitário Voz da Noroeste
  • Paula Dornelas Miranda – Movimento de Mulheres Olga Benario
  • Álikpa Souza – estudante
  • Sabrina Soares Cardoso de Araújo – Bióloga
  • Felipe Amorim Sousa – Bolsista de mestrado
  • Ricardo Prates – Designer Gráfico
  • Michell Gomes – Professor da Universidade Regional do Cariri (URCA) e Diretório Estadual UP/CE
  • Rodrigo Ciro Viana – Professor de História
  • Tricia – Professora
  • Nemísis – Bodypiercer/Cantora e Comunista/LGBT
  • Guilherme de Amorim Lino – Militante da UP DF
  • Maria Eduarda Santos Chiara – Auxiliar Fiscal
  • Lucas De Oliveira Martins – Estudante
  • Luana Melgaco Silva Marques – Produtora
  • Tatiana Mitre – Produtora cultural
  • Paola Bebianno – Artsita da Dança , Arte educadora, Bateria Clandestinas
  • Lenilda Luna De Almeida – Pré-candidata a Prefeita de Maceió pela UP
  • Alexsandra Pimentel França – Movimento de Mulheres Olga Benário
  • Karine de Oliveira Andrade – Movimento Correnteza
  • Cassimara Da Silva Ribeiro – Assistente Administrativo
  • Elter Sebastiao Teodo – Analista de Sistemas e MLC
  • Matheus Lucas Median Amorim – Diretor de assistência estudantil da Ames-BH. Militante da União da Juventude Rebelião e da Unidade Popular.
  • Maria Aparecida Dias Dos Santos (Nem) – moradora do bairro Copacabana
  • Luciano Vaz Fernandes – Ocupação Maria Guerreira
  • Carlos Alberto – morador do bairro Copacabana
  • Milaynne Costa Moreira – beco União Índio  BH
  • Rute da Souza Morais – morador do bairro Copacabana
  • Larissa Querolay Silva Matos – moradora do bairro Copacabana
  • Shirlene Costa da Silva – moradora do bairro Copacabana
  • Maria Madalena B.R.C.Gomes – moradora do bairro Santa Amelia
  • Jessica Figueiredo Ferreira – beco 65 Índio  BH
  • Eliane Xavier Silva – moradora do bairro Copacabana
  • Luana Cristina Almeida – moradora da ocupação no bairro Copacabana
  • Júlio Pereira de Souza – morador do bairro Copacabana
  • Indiamara Ferreira  Lima – moradora da ocupação no bairro Copacabana
  • Diva A.S – moradora do bairro Copacabana
  • Maria Cecília Da Costa – moradora do bairro Copacabana
  • Andreia Pereira dos Santos – moradora do bairro Copacabana
  • Aureni Souza Oliveira – moradora do bairro Copacabana
  • Morgane Moreira dos Santos – moradora da ocupação no bairro Copacabana
  • Edson Souza do Carmo – morador do bairro Copacabana
  • Maria Souza Soares – moradora do bairro Copacabana
  • Ana Lucia Cristina Gonçalves – moradora da ocupação no bairro Copacabana
  • Jessica Lopes Bernardes – moradora da ocupação no bairro Copacabana
  • Joseane de Jesus Pariote – moradora da ocupação no bairro Copacabana
  • Liliane Cristina soares Oliveira – moradora da ocupação no bairro Copacabana
  • Gabrielle Flavia de Oliveira – moradora da ocupação no bairro Copacabana
  • Ramon Dias da Silva – morador do bairro Copacabana
  • Ciramita Valadares Reis – moradora da ocupação no bairro Copacabana
  • Luiz Henrique Pereira da Silva – morador do bairro Copacabana
  • Tiago de Oliveira Souza – morador do bairro Copacabana
  • Andrea de Oliveira – moradora da ocupação no bairro Copacabana
  • Claudia Maria da Luz – moradora do bairro Copacabana
  • Laís Cerqueira Guerra – bloco clandestinas
  • Mariana Barbosa Miranda Borel – arquiteta urbanista
  • Juliana Freire de Lima Marcelino – arquiteta urbanista
  • Juliana Cristina Oliveira da Costa, Psicóloga, bloco Clandestinas
  • Elcio Pacheco – Advogado co-fundador do MLB
  • Stéfani Cristina Brito do Nascimento – Bloco ClandesTinas